O seu navegador está desatualizado!

Atualize seu navegador para ver esta página corretamente. Atualizar o meu navegador agora

×

Escola Portuguesa de Cabo Verde

Escola Portuguesa de Cabo Verde - Centro de Ensino e da Lingua Portuguesa

Na sequência do acordo de cooperação entre Portugal e Cabo Verde, celebrado na cidade do Mindelo, em 2 dezembro de 2012, com vista ao aprofundamento das relações de amizade e cooperação no domínio da educação, foi criada a Escola Portuguesa de Cabo Verde - Centro de Ensino e Língua Portuguesa (EPCV-CELP), através do decreto-Lei n.º 213/2015, de 29 de Setembro.

A escola foi reconhecida como entidade de ensino e autorizada a sua abertura e funcionamento, através de despacho do Ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidade de Cabo Verde, publicado em 24 de agosto de 2016, no Boletim Oficial N.º 43, II série.

A EPCV-CELP funciona com currículos portugueses, adaptados à realidade de Cabo Verde, e vai garantir o ensino até ao 12.º ano de escolaridade, permitindo aos seus alunos o acesso ao ensino superior em Portugal e em Cabo Verde, em igualdade de circunstâncias com os alunos que estudaram nas escolas públicas destes países. A escola recebe crianças portuguesas, cabo-verdianas e também de outras nacionalidades.

As obras de construção, que se iniciaram em setembro, estão em fase de conclusão. O projeto é ecológico e de construção rápida, utilizando painéis estruturais de betão leve, o que representa uma solução económica com elevados padrões de qualidade. Este tipo de construção é adequado aos países quentes, como é o caso de Cabo Verde, permitindo uma poupança significativa de energia.

A primeira Escola Portuguesa de Cabo Verde abriu portas no dia 14 de novembro de 2016, na Cidade da Praia - Ilha de Santiago, com duas turmas do pré-escolar (grupo dos 3 e 4 anos e grupo dos 4 e 5 anos) e com uma turma mista, do 1.º e 2.º ano do primeiro ciclo do ensino básico.
 

Composição da Direção

Atendimento Online